quarta-feira, 18 de janeiro de 2012

Minuto


Você de novo tomando meu pensamento.
Causando em mim tormento,
Fazendo durar um único momento.

Vínculo invisível
Somente eu vejo
Nos meus olhos, desejo
E do coração, despejo.

No tempo que tenho, não basto
Na mão que me estende, não basto
No silêncio que grita, não basto
No amor que desprende, não basto

Mudo o rumo, mas sigo a mesma direção
A mesma monótona dimensão
Daquilo que deveria ser não
Mas continua insistindo em vão.

Dia a dia, sou noite
Pesada
Inchada
Camuflada
Desesperada
Cansada
E, por fim, resignada.

E ainda que meu eu seja por hora todo você,
Derreto-me no sono que passa longe de mim
Eu minuto. Você o tempo.


Luciana Pimenta
@lulypim

2 comentários:

Alessandro disse...

Cabe no tempo tamanho sentimento?

Beijo, Lu! :)

L. Pimenta disse...

o tempo é pequeno demais para tanto sentir, querido.
=)

bjo pra vc tbm!